Home       Quem Somos       Blog       Contato       Seja Nosso Parceiro Comercial       Trabalhe Conosco
|
Vídeo Aulas         Suporte         TeamViewer         Navegador MK
Sistema para Indústria - MKdata
Home       Quem Somos       Blog       Contato       Seja Nosso Parceiro Comercial       Trabalhe Conosco
|
Vídeo Aulas         Suporte         TeamViewer         Navegador MK
Sistema para Indústria
Voltar

Segundo dados apresentados  no dia 21 de julho de 2021 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor da indústria da transformação somou em 2019, 306,3 mil empresas, ante 335 mil no ano de 2013, ou seja, em 6 anos houve o fechamento de 28 mil unidades, e esses dados ainda não levam em consideração toda a desaceleração da economia ocasionada pela pandemia do coronavírus. Mas quais variáveis internas das empresas podem ter ocasionado esse grande número?
 
Muitos empresários não estão preparados para a função de gerenciar um negócio, por falta de preparo ou mesmo, onde o negócio cresce mais que a capacidade tácita por ele adquirida, mas principalmente por não possuir informações assertivas, para as tomadas de decisões ou dados fidedignos em tempo real para gerir o negócio. Essa falta de informações é um dos pontos mais importantes para que ocorram uma série de decisões equivocadas, baseadas em sentimentos e não em dados, que levam a empresa a caminhar para o encerramento de suas atividades. Informações que só podem ser extraídas a partir de um software que tenha sido desenvolvido para atender as reais necessidades da empresa. Mas o mercado não entrega esse software.
  O setor de desenvolvimento de softwares possui uma participação expressiva no mercado industrial. Essas ferramentas deveriam atender as necessidades de informações dos empresários, por um custo razoavelmente barato, más o que se vê são muitos player’s do mercado de ERP’s praticarem uma a política de vender seus produtos em escala, onde o foco principal é única e exclusivamente faturar mais, massificando o mercado com propagandas enganosas e falsas promessas, levando empresários e gestores a comprarem seus produtos de forma um tanto impulsiva, sem analisar a fundo a abrangência da ferramenta e o que de fato vai entregar de informação para gestão do negócio.
  O que observamos no curto espaço de tempo após a implantação dessas destes ERP’s dos grandes player’s nacionais, o empresário e seus gestores começam a verificar que terão muitos problemas, começam a perceber a falta de recursos no sistema capazes de ajudar seus planejamentos e controle das execuções das atividades, gerando a necessidade de construir controles paralelos em planilhas e consequentemente, os relatórios que também passam a fazer parte deste controle paralelo. Com o passar do tempo o problema vai se intensificando até chegar ao ponto onde não há mais solução e sim a necessidade da contratação de um profissional em tempo integral para “remendar” a ferramenta para se ter o mínimo de informação adequada. 
     

Simulação de fluxo com controles paralelos


  O cenário acima é um caminho sem volta onde a empresa paga a ferramenta e também os profissionais para “arrumá-la”, ficando assim, totalmente dependente de ambos. O final desta história, já vivida por inúmeras empresas no Brasil é a troca do software, por conta dos custos em manter um sistema que não atende a necessidade, somados a programadores internos exclusivos, além da quantidade de mão de obra necessária para ‘fazerem planilhas e mais planilhas para no final, não terem a informação necessária para a tomada de decisão.
  Indústrias de transformação por ser um dos setores mais complexos do mercado, são os mais impactados por esse cenário. A compra de softwares, os quais foram desenvolvidos para determinados segmentos industriais, não se adequam a outros, por exemplo, um software desenvolvido para indústrias metalúrgicas, não servem para indústrias químicas ou têxteis, portanto, não adianta dizer que a ferramenta é para indústrias de modo geral. Mas então como o responsável pela contratação de software do setor de indústria de transformação pode resolver esse enorme problema?
  Ele deve procurar uma empresa que ofereça algo que hoje ainda é muito pouco disponível no mercado, o casamento de uma consultoria com o desenvolvimento do software, essa consultoria acontece durante as primeiras reuniões, ela é responsável por fazer um diagnóstico nos fluxos de informações da empresa, realizar críticas neste fluxo e redesenhá-lo juntamente com os stakeholders, após todo esse levantamento de informações, e absorção do conhecimento do negócio tudo de forma sigilosa e segura, acontece a tradução deste trabalho para um desenho com linguagem de sistema, onde entra em cena uma equipe de profissionais desenvolvedores para fabricar um software sob medida. Em seguida, acontece a maturação deste software, monitorando toda a demanda da empresa, fazendo os devidos ajustes finais e lançando o sistema. Além do que, esse modelo de projeto tem outro ponto positivo que é trabalhar com ROI (Return of Investment) pois equipe de consultores possuem uma grande proximidade com os dados e pessoas responsáveis pela empresa, o que torna possível observar a possibilidade de mensurar e tornar previsível os resultados desejados pelo cliente, pois o principal objetivo da implementação de um software que possui essa linha de trabalho, é trazer para o cliente um excelente resultado.
  Atualmente uma empresa de desenvolvimento de software que vem obtendo destaques neste modelo de vendas é a MKData, a sua divisão MKEmpresarial desenvolveu um produto chamado MKIndústria que possui um módulo standard mas que vai ser o gatilho necessário para iniciar todo um trabalho para o cliente, criando um software sob medida, alinhado com os reais processos da empresa e reais necessidades, para somente desta forma entregar  informações assertivas, para as tomadas de decisões ou dados fidedignos em tempo real para gerir o negócio.
  Para evitar que sua empresa possa cair nos números de fechamentos citados no início é necessário dedicar um tempo significativo para levantar informações suficientes para realizar a contratação do software ideal, e não de qualquer um que aparece através das propagandas massivas, somente o software ideal tornará possível obter o maior número de informações, e que elas sejam reais para que desta forma possibilite também que o decisor possa realizar decisões corretas.
  "Se você não pode medir, você não pode gerenciar. " Peter Drucker (1909 – 2005)

    Escrito por: Diego Fernandes
Contribuição: Renato Stilben

Blog MKData - Últimos artigos do Blog

Siga-nos
Contato

Matriz Americana/SP
+55 (19) 3407-7447
mkdata@mkdata.com.br


Av. Campos Sales, 420
Sala 25 - Jd. Girassol - Americana/SP
CEP 13465-590
Sede Vitória/ES
+55 (27) 3500-1931
mkdata@mkdata.com.br


R.Tenente Mario Francisco Brito, 420
Sala 416 - Enseada do Suá - Vitória/ES
CEP: 29050-555
Todos os direitos reservados a GRUPO MKData
Desenvolvido por AOX Marketing